Um post sobre locais aleatórios – Parte 3

Minha mãe é uma pessoa que adora salvar coisas que nunca vai usar, assim como eu, como boa cria. A diferença é que eu acho que sou um pouco mais organizada (haha). E tenho uma pasta aqui salvo no nome “Lugares Abandonados” e “Ver para Crer” e vou separar algumas imagens pra postar aqui, assim posso salvar os locais, sem culpa de não saber onde é, e ainda compartilhar aqui pra todo mundo ver 😀

Continuar lendo

Anúncios

Um post sobre locais aleatórios – Parte 2

Minha mãe é uma pessoa que adora salvar coisas que nunca vai usar, assim como eu, como boa cria. A diferença é que eu acho que sou um pouco mais organizada (haha). E tenho uma pasta aqui salvo no nome “Lugares Abandonados” e “Ver para Crer” e vou separar algumas imagens pra postar aqui, assim posso salvar os locais, sem culpa de não saber onde é, e ainda compartilhar aqui pra todo mundo ver 😀

Continuar lendo

Um post sobre locais aleatórios – Parte 1

Minha mãe é uma pessoa que adora salvar coisas que nunca vai usar, assim como eu, como boa cria. A diferença é que eu acho que sou um pouco mais organizada (haha). E tenho uma pasta aqui salvo no nome “Lugares Abandonados” e “Ver para Crer” e vou separar algumas imagens pra postar aqui, assim posso salvar os locais, sem culpa de não saber onde é, e ainda compartilhar aqui pra todo mundo ver 😀

Continuar lendo

Uma paixão: fotos históricas

Se tem uma coisa que me agrada é ver fotos antigas das cidades, principalmente se as conheço hoje em dia, sempre buscando compreender o antes e o depois, de uma forma poeticamente urbanística que só funciona na minha cabeça haha. Apesar de hoje ser aniversário da minha cidade, Presidente Prudente, encontrei um álbum com uma grande coleção de fotos antigas de Santos, e resolvi compartilhar algumas com vocês, e quem sabe assim criar uma seção maravilhosa de fotos antigas por aqui.

Continuar lendo

A obra de Carolina Maria de Jesus

O Wikipedia nos conta um pouco da história de Carolina: “Carolina Maria de Jesus (1914-1977). nasceu em Minas Gerais, numa comunidade rural onde seus pais eram meeiros. Moradora da favela do Canindé, zona norte de São Paulo, ela trabalhava como catadora e registrava o cotidiano da comunidade em cadernos que encontrava no lixo. Ela é considerada uma das primeiras e mais importantes escritoras negras do Brasil.”

Um dia encontrei, para ler e complementar meu Trabalho de Conclusão, obras disponibilizadas pelo Coletivo de Negras e Negros- EACH via Dropbox. Entretanto, acho que depois de um tempo saiu do ar, e eu acabei guardando os arquivos, mesmo não lendo toda a obra (que um dia irei ler sim senhor). Dessa forma, upei os arquivos em pdf e vou disponibilizar para o download por aqui, pra vocês que tenham interesse em ler e conhecer essa obra de uma mulher que lutou nas épocas difíceis de São Paulo.

Continuar lendo

Os filmes de Ermínia Maricato

Bem, como prometido em março voltaria a postar, e começo essa reinauguração 2016 com um tema que eu estou abordando no meu TCC e gostaria que todos conhecessem um pouco mais dessa luta na questão da habitação social e a função social da terra.

Pra não ficar colocando muita teoria por aqui, por enquanto, porque sei que, pra quem não entende ou gosta muito do assunto, é bem chato, deixo com vocês dois filmes da Ermínia Maricato, professora universitária, pesquisadora acadêmica, ativista política e que já ocupou cargos públicos na Prefeitura da Cidade de São Paulo e no Governo Federal.

Continuar lendo