Apoie o Projeto da Revista Arquitetas Invisíveis

A revista Arquitetas Invisíveis nasce da vontade de compartilhar conhecimento e reflexões, além de contribuir para o avanço das discussões de gênero no campo da arquitetura e áreas relacionadas. É uma forma de abrir oportunidade para divulgação de trabalhos de pessoas que abordam o tema de gênero na arquitetura, sendo aberto também às trocas disciplinares, acolhendo contribuições de campos diversos, dentro os quais a História, a Geografia, a Sociologia, a Antropologia, as Artes, a Psicologia, entre outros.

Já comentei sobre o projeto Arquitetas Invisíveis no post sobre a questão de gêneros na arquitetura. Entretanto, dessa vez vai mais além: a criação da primeira edição da revista Arquitetas Invisíveis, que se encontra no Catarse, aquele site de colaboração bem conhecido.

Conheça o projeto:

A cada ano uma nova edição da Revista Arquitetas Invisíveis oferecerá oportunidades importantes para trocas entre pesquisadores do Brasil e também do exterior, por isso a Revista será bilíngue – português e inglês. O estreitamento dessas relações colabora para o intercâmbio entre diferentes grupos e regiões, o fomento de pesquisas conjuntas e publicações coletivas, consolidando o papel da mulher na história da arquitetura e do urbanismo e os núcleos de estudo nessa área.

A Revista será composta por artigos, resumos, opiniões, notícias, entrevistas, charges, desenhos, poesias, crônicas, cartas, entre outros. Tudo isso apresentado de uma forma dinâmica, divertida e colaborativa. Nesta primeira edição já estão elencados os trabalhos que foram selecionados através de um edital aberto, além do material produzido por nós:

  1. editorial (gabriela cascelli – arquitetas invisíveis)
  2. inglês ou espanhol? (hana augusta – arquitetas invisíveis)
  3. os desafios da arquitetura na primeira metade do século XXI (ana paola salviano de souza)
  4. do feminino para o feminismo na arquitetura – a chave para a verdadeira mudança (maría novas)
  5. a mulher nas experiências práticas e pedagógicas da arquitetura e da cidade (deborah fernanda salgado silva e clarice fernandes rodrigues)
  6. ilustração (laís jacqueline silva)
  7. a efemeridade do corpo e do espaço na obra de francesca woodman (camilla ghisleni – pós-arq/ufsc)
  8. mulheres na arquitetura: reflexões sobre a inserção das mulheres no campo arquitetônico brasileiro (marina fontes – pós-fau/unb)
  9. trabalho social – sombras inquietas (camila duarte, cris cavalcanti e emmily leandro)
  10. sindicato também é lugar de arquiteta! (grupo de trabalho sobre a mulher na arquitetura no sindicato dos arquitetos)
  11. memórias femininas da construção de brasília (carlos madson reis)
  12. entrevista com tania fontenele (arquitetas invisíveis)
  13. as pioneiras na arquitetura paisagística (gabriela pinto de moura e karla do carmo caser – nuage, núcleo de arquitetura e gênero)
  14. invisibilidade das arquitetas modernistas – luz amorocho, colombia (sergio antonino bellino roca)
  15. o feminino e o masculino na visão da arquitetura através da obra de paola coppola pignatelli (giulia custodi)
  16. pioneiras (arquitetas invisíveis)
  17. o ateliê criativo de uma arquiteta (mara sánchez llorens)
  18. invisibilidade nas premiações internacionais e a primeira ganhadora do pritzker (telmi adame – gpta, grupo de pesquisas transdisciplinares em artes e arquitetura)
  19. os desafios de introduzir a categoria gênero no ensino de arquitetura e urbanismo (andréia moassab – maloca, grupo de estudos multidisciplinares em urbanismo e arquiteturas latino-americanas)
  20. diálogos urbanos – a cidade sob o olhar da mulher ( lara pita – arquitetas invisíveis)
  21. o caminho da equidade no planejamento do espaço urbano (joice berth)
  22. memória guerreira não se apaga (gaya rachel neves)
  23. fotografias (thiago abreu)
  24. os espaços urbano e privado e o controle da mulher colonial no século XIX (elizabeth cavalcante)
  25. exclusão no espaço doméstico (stephanie ribeiro)
  26. ilustração (ana maria sena)
  27. ativismo na musicalidade de nina simone – sacerdotisa do soul (raquel de araujo)
  28. design sensível para a prevenção da violência de gênero nos campos de refugiados – o caso de al zaatari e azraq, Jordan (christelle lahoud)
  29. uma pedra rola no parque (sandra seabra moreira)
  30. edital – revista número 02 (arquitetas invisíveis)

Todo o dinheiro arrecadado será investido na publicação da Revista custeando gastos com edição, tradução, revisão, diagramação, impressão e distribuição. Os exemplares que por ventura não forem adquiridos serão doados para bibliotecas, centros acadêmicos, escolas e grupos de mulheres.

O projeto tem como meta R$46.835, aberto até o dia 16 de janeiro de 2016. Você pode apoiar com diversos valores, de $40 até $1500 (ou mais), com várias recompensas.  Pra saber mais, acesse a página do Catarse, o site oficial ou a página do Facebook. Assim que eu conseguir, vou apoiar. Apoie você também essa idéia 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s